Rio decreta emergência em Saúde por causa da dengue

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PSD) decretou estado de emergência em saúde pública por causa da dengue nesta segunda-feira (5). Já são mais de 11 mil casos da doença no estado. O secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz, afirmou que o Rio vive uma epidemia.

Na última sexta-feira (2), o governo do Rio apresentou um plano de contingência para combater o mosquito da dengue, o Aedes aegypti, que transmite também a zika e da chikungunya.

Foram apresentadas as seguintes medidas:

Centro de Operações de Emergência (COE-Dengue)

uso de carros-fumacê nas regiões com maior número de casos

entrada obrigatória em imóveis fechados e abandonados

maior atenção aos leitos de pacientes com dengue nos hospitais da rede municipal

Nesta segunda (5), a prefeitura anunciou R$ 2 milhões para a comprar testes rápidos para a dengue.

Somente em janeiro, o Estado do Rio registrou mais de 17.500 casos de dengue. O número é 12 vezes maior que o registrado no mesmo período de 2023 (1.441 casos).

Os municípios mais afetados são Itatiaia, Cambuci, Resende e Piraí. Além disso, 14 das 92 cidades fluminenses estão com taxa de incidência acima de 500 casos por 100 mil habitantes.

Deixe comentário

× Fale com a Showtime