Previsão do tempo: sexta terá tempestades em SP, Rio e Minas

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) reiterou o alerta de “Grande Perigo” sobre o Rio de Janeiro, estendendo-se a parte dos estados do Sudeste nesta sexta-feira (22). Também há advertência de tempestades em áreas do Mato Grosso do Sul e São Paulo. Adicionalmente, prevê-se chuvas intensas em outras regiões do país, exceto no Sul, onde se espera a influência de ventos costeiros e queda de temperatura.

A mancha vermelha, em vigor a partir das 00h desta sexta-feira, representa o alerta mais crítico emitido pelo órgão. Este aviso indica a possibilidade de chuvas superiores a 60 mm/h e ventos com velocidades superiores a 100 km/h. Além disso, há um alto risco de danos em estruturas, interrupção de energia elétrica, queda de árvores, ocorrência de raios, inundações, enxurradas e grandes perturbações no transporte rodoviário. O alerta permanecerá em vigor até às 10h de domingo (24).

“A frente fria avançará até a região Sudeste, e após a passagem teremos um fluxo de umidade do oceano em direção ao Rio de Janeiro. Os acumulados podem ultrapassar os 100 mm por dia”, afirma a coordenadora-geral de Meteorologia Aplicada do Inmet, Márcia Seabra. “Entrei em contato com a Marinha do Brasil e existe previsão de ressaca para algumas áreas. As ondas podem chegar a até 2,5 metros no litoral do Rio”, completa.

Os estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul têm parte de seus territórios sob o alerta de “Perigo” devido à tempestade prevista até às 10h de sexta-feira (22). A previsão aponta para chuvas entre 30 e 60 mm/h, ventos de até 100 km/h e possibilidade de queda de granizo. Além disso, existe o risco de interrupção no fornecimento de energia elétrica, danos em plantações, queda de árvores e inundações.

O Inmet emitiu um alerta de ventos intensos para a costa do Paraná e Santa Catarina, válido até às 9h. Nestas áreas, é esperado um aumento na intensidade dos ventos nas regiões litorâneas, podendo mover dunas de areia sobre construções na orla, conforme comunicado do órgão. O Instituto também alerta para uma queda na temperatura no Rio Grande do Sul e Santa Catarina, com possíveis quedas de 3ºC a 5ºC até às 8h de sexta-feira (22).

Além disso, o Instituto adverte para “Grande Perigo” e “Perigo Potencial” devido a chuvas intensas que devem afetar parte das regiões Norte, Nordeste, Centro-Oeste e Sudeste. O alerta laranja, que afeta parte do Norte e Nordeste, é válido até às 10h de sexta-feira (22). O aviso de mesma intensidade, abrangendo o Centro-Oeste e o Sudeste, também deve cessar no mesmo horário. A área amarela, que impacta todas as regiões mencionadas, encerra-se junto com os outros avisos.

Confira a previsão para sexta-feira
No Rio de Janeiro, sob o alerta de “Grande Perigo”, a sexta-feira (22) será nublada com pancadas de chuva e trovoadas isoladas durante todo o dia. As temperaturas oscilarão entre 27°C e 23°C. Em São Paulo, cidade afetada pelas tempestades, o tempo será influenciado pela nebulosidade, com pancadas de chuva e trovoadas isoladas. A temperatura máxima será de 23°C e a mínima de 19°C.

Florianópolis, onde há alerta de ventos costeiros, terá máxima de 24°C e mínima de 20°C, com muitas nuvens e chuva isolada. Porto Alegre, sob o alerta de queda de temperatura, apresentará temperaturas entre 24°C e 17°C. A previsão é de tempo estável, com poucas nuvens ao longo do dia.

Em Manaus, afetada pelos alertas de “Perigo” e “Perigo Potencial”, a sexta-feira deverá ser nublada, com chuva isolada. Além disso, as temperaturas máxima e mínima serão de 32°C e 25°C, respectivamente.

Deixe comentário

× Fale com a Showtime