O empresário Abilio Diniz morreu neste domingo (18) aos 87 anos. Ele foi responsável por administrar o Grupo Pão de Açúcar e se tornar um dos maiores empresários do Brasil. Com pneumonia, o executivo estava internado no Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo.

Abilio começou a passar mal em uma viagem para Aspen, nos Estados Unidos, e voltou ao Brasil às pressas. Mesmo com os esforços dos médicos, ele não resistiu e morreu.

“É com extremo pesar que a família Diniz informa o falecimento de Abilio Diniz aos 87 anos neste domingo, 18 de fevereiro de 2024, vítima de insuficiência respiratória em função de uma pneumonite. O empresário deixa cinco filhos, esposa, netos e bisnetos, e irá ao encontro do seu filho João Paulo, falecido em 2022. Desde já, a família agradece a todas as mensagens de apoio e carinho”, afirma a nota da família.

Abílio Diniz foi um dos mais proeminentes empresários brasileiros, conhecido por sua trajetória marcada por desafios, superações e grandes feitos no mundo dos negócios. Nascido em São Paulo, em 1936, ele iniciou sua jornada empreendedora no setor de varejo, tornando-se uma figura icônica no mercado nacional e internacional.

Sua carreira começou a se destacar quando assumiu a presidência do Grupo Pão de Açúcar (GPA), fundado por seu pai, Valentim Diniz. Sob sua liderança, o GPA se tornou uma das maiores redes varejistas do país, marcando presença em diversos segmentos, como supermercados, hipermercados, drogarias e lojas de conveniência.

Abílio foi responsável por uma série de inovações e estratégias arrojadas que impulsionaram o crescimento e a expansão do Grupo Pão de Açúcar. Ele foi um dos pioneiros na introdução do conceito de supermercados no Brasil, além de ter sido fundamental na implementação de sistemas de gestão eficientes e na diversificação do portfólio de produtos e serviços oferecidos pela empresa.

No entanto, a trajetória de Abílio Diniz também foi marcada por momentos de adversidade e desafios. Um dos episódios mais emblemáticos de sua carreira ocorreu na década de 1990, quando enfrentou uma disputa acirrada pelo controle do Grupo Pão de Açúcar com o grupo francês Casino. Essa batalha culminou em uma série de conflitos e reviravoltas no mundo corporativo, que se estenderam por anos.

Apesar das dificuldades, Abílio se manteve firme em sua visão estratégica para o negócio. Ele conseguiu superar os obstáculos e, em 2012, concretizou uma parceria com o Grupo Casino, que resultou na formação do Grupo Pão de Açúcar Casino (GPA), consolidando sua posição como um dos líderes do setor varejista no Brasil.

Além de sua atuação no varejo, Abílio Diniz também ficou reconhecido por seu engajamento em causas sociais e ambientais. Ele foi um defensor do empreendedorismo sustentável e da responsabilidade corporativa, promovendo iniciativas de inclusão social, educação e preservação do meio ambiente.

Deixe comentário

× Fale com a Showtime