O mês de março será predominantemente quente e abafado em todas as regiões do país, de acordo com a previsão da ClimaTempo. Há risco de novas ondas de calor na região Sul, principalmente no oeste do Paraná e em Mato Grosso do Sul, e no oeste de São Paulo. Veja abaixo como fica a previsão do tempo nas capitais neste final de semana.

Há previsão de no máximo quatro frentes frias, durante o mês, que não devem provocar queda nas temperaturas. O ar frio, de origem polar, tem previsão de passar pela costa do sul e sudeste no Brasil — sem conseguir avançar para o interior do Brasil.

Apenas no fim do mês, há maior chance do frio adentrar o país no interior da região sul e em parte do sudeste. Nessas áreas a frente fria deve trazer um ar de outono, com noites ligeiramente frias.

Há um risco moderado para extremos de chuva no litoral do Paraná, de São Paulo e do Rio de Janeiro, devido à chance de que uma baixa pressão atmosférica intensa, formada pela frente fria, se transformar em um ciclone.

Águas de março
Popularmente conhecido pelas chuvas, março deve registrar precipitação frequente e volumosa. A atuação da Zona de Convergência Intertropical (ZCI) deve garantir o pico do período chuvoso na maioria das áreas da região norte e no litoral norte do nordeste. As chuvas podem ser reduzidas nas regiões pela El Niño, que deve perdurar pelos próximos meses.

De acordo com a ClimaTempo, no sudeste e no centro-oeste ainda ocorrem temporais, típicos de calor, mas as médias de precipitação devem ser naturalmente menores do que em janeiro ou em fevereiro.

No sul do país, as chuvas devem ser irregulares e mais frequentes na segunda quinzena do mês. Os estados do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina podem ter pausas mais longas nas chuvas, aponta a ClimaTempo.

Deixe comentário

× Fale com a Showtime