O presidente Luiz Inácio Lula da Silva declarou, nesta quinta-feira (18), que a casos de corrupção devem ser investigados, mas sem “punir a soberania do Brasil e da empresa mais importante, que é a Petrobras”. A declaração ocorreu durante o evento que anunciou a retomada de investimentos e ampliação da refinaria Abreu e Lima (Rnest), em Ipojuca, no litoral sul de Pernambuco. A construção foi marcada por escândalos de corrupção e é apontada como um dos símbolos da Lava Jato.

“Se quisessem apurar corrupção de fato, você apura corrupção. O que não pode é punir a soberania de um país como o Brasil e da sua empresa mais importante, que é a Petrobras”, disse. “Há muita gente nesse país que teima em retroceder. O que fizeram com a nossa Petrobrás? A privatização da Eletrobrás, as pessoas não gostam que se fale, mas foi um escárnio que se fez nesse país em um setor estratégico como o setor de energia”, completou.

O presidente da Petrobras, Jean Paul Prates, comemorou a retomada das obras. “Essa é a refinaria da volta por cima, do grau máximo de resistência e resiliência”, afirmou. O investimento, segundo o Prates, deve chegar a até R$ 6 bilhões. “O investimento que estamos fazendo agora é o montante que essa refinaria vai arrecadar no primeiro ano de operação”, completou.

A obra da construção do Trem 2 da refinaria está em fase de contratação e tem data para ser finalizada em 2028. Quando estiver pronta, a refinaria terá capacidade para processar 260 mil barris de petróleo por dia. As obras estão previstas para o segundo semestre deste ano.

A construção da refinaria foi marcada por escândalos de corrupção e foi um dos símbolos da Lava Jato. Na época, as investigações indicaram problemas relacionados aos contratos e possíveis desvios de recursos da obra. Localizada no Complexo Industrial Portuário de Suape, a 45 km de Recife, em Pernambuco, a refinaria começou suas operações em 2014 e é a unidade que apresenta a maior taxa de conversão de petróleo cru em diesel.

Viagens ao Nordeste
Lula iniciou nesta quinta-feira (18) uma viagem por três estados do Nordeste. A intenção do petista, após focar agendas internacionais no ano passado, é visitar todas as unidades federativas do país ainda neste primeiro semestre. Serão as primeiras viagens oficiais de Lula neste ano – na semana passada, ele esteve em São Paulo (SP) para exames de rotina.

Pela manhã, o petista esteve em Salvador (BA) para assinar a criação do Parque Tecnológico Aeroespacial da Bahia. A intenção é que o local seja um ambiente dedicado à realização de pesquisas avançadas e à promoção da inovação no campo aeroespacial, inclusive com uso de inteligência artificial. A expectativa é que sejam investidos R$ 650 milhões na construção do parque e um valor equivalente em equipamentos e laboratórios.

Na sexta-feira (19), o presidente lança a pedra fundamental da unidade do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) em Fortaleza (CE).

Deixe comentário

× Fale com a Showtime