Lewandowski será ministro da Justiça a partir de 1° de fevereiro

Foi oficializado nesta segunda-feira (22), pelo presidente Lula (PT), a nomeação de Ricardo Lewandowski para o Ministério da Justiça a partir do dia 1° de fevereiro. O ato foi publicado no Diário Oficial.
Lewandowski se aposentou do Supremo Tribunal Federal (STF) ainda no primeiro semestre de 2023. Ele foi anunciado por Lula como novo chefe da pasta em 11 de janeiro, substituindo Flávio Dino, que será empossado como ministro do STF também em fevereiro.
Sua nomeação marca o início da transição no Ministério da Justiça. Até o dia de sua posse, Lewandowski deverá seguir com a formação da nova equipe.

Nova equipe

Já foram escolhidos ao menos três nomes:

• Manoel Carlos de Almeida Neto (secretário-executivo);
• Mário Sarrubbo (secretário nacional de Segurança Pública);
• Ana Maria Neves (chefe de gabinete).
Em uma entrevista à GloboNews na última semana, o futuro ministro da Justiça afirmou que a área da segurança pública terá atenção redobrada, além de ter dito que pretende investir em atividades de inteligência e um maior combate ao crime organizado.
“A segurança pública merecerá especial atenção do Ministério da Justiça sob minha gestão, que deverá expandir as atividades de inteligência e a coordenação entre as distintas autoridades policiais da União, estados e municípios para um combate mais eficaz, mais eficiente, à criminalidade organizada”, declarou Lewandowski.

Deixe comentário

× Fale com a Showtime