Julgamento de Daniel Alves começa nesta segunda-feira, deve durar três dias e ouvir 28 testemunhas

O julgamento de Daniel Alves, acusado de ter estuprado uma mulher em uma boate em Barcelona, começou nesta segunda-feira, 5. O procedimento durará três dias, com término previsto para 7 de fevereiro, e terá declaração do jogador.

A Justiça espanhola ouve o atleta e 28 testemunhas que estavam na boate de Barcelona na noite em que o suposto estupro ocorreu, no dia 30 de dezembro de 2022. A participação de todos os envolvidos foi consenso entre defesa e acusação.

O brasileiro deve falar já na primeira sessão, que também prevê o depoimento de seis testemunhas. As outras 22 testemunhas falarão no dia seguinte.

No dia 7, a sessão será dedicada a trâmites periciais e, a partir de então, a juíza do caso, Isabel Delgado Pérez, ficará responsável por elaborar a sentença. Daniel Alves seguirá em prisão preventiva até o veredito da Justiça.

Um ano de Daniel Alves preso: relembre as 5 versões que ele apresentou

A defesa da mulher que acusa Daniel Alves pediu condenação de 12 anos de prisão, mas os advogados do brasileiro tentam um acordo antes do julgamento, segundo a rede de TV Telecinco. Se houver, as acusações serão retiradas, e o julgamento, cancelado. Apesar disso, segundo a emissora, a tendência é que as partes não se entendam e o julgamento, de fato, aconteça.

Deixe comentário

× Fale com a Showtime