Inmet emite alerta de tempestades para Sul, Rio, Minas e SP

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um alerta de “Grande Perigo” e confirmou os alertas anteriores de “Perigo” e “Perigo Potencial” devido à expansão da “bolha de calor” sobre as regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste. Essas áreas estão enfrentando esse fenômeno e enfrentarão um domo de calor persistente até os últimos dias do verão. Além disso, o órgão emitiu avisos sobre tempestades no Sul do país e chuvas intensas em partes do Centro-Oeste, Nordeste, Norte e Sudeste.

De acordo com informações do portal MetSul, a “bolha de calor” pode elevar as temperaturas em até 10 °C acima da média esperada em algumas regiões. Este fenômeno ocorre em áreas de alta pressão, quando uma cúpula de calor se forma e permanece estacionária sobre a região por dias ou até semanas, retendo o ar quente sob ela.

Por outro lado, uma onda de calor, segundo o Inmet, é caracterizada quando as temperaturas permanecem 5 °C acima da média por pelo menos 5 dias consecutivos. O mês de março marca a transição entre o final do verão e o início do outono, o que pode resultar em mudanças repentinas nos padrões meteorológicos.

O Instituto emitiu um alerta de “Grande Perigo” e confirmou os alertas anteriores de “Perigo” e “Perigo Potencial” devido à onda de calor que afeta as regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste. Este novo alerta não apresenta mudanças significativas em relação aos anteriores, exceto por enfatizar uma atenção especial aos riscos à saúde nas áreas afetadas. Esses avisos estão em vigor até às 18h de domingo (17).

Além dos alertas mencionados, o Instituto também emitiu avisos, codificados nas cores laranja e amarela, sobre tempestades que devem atingir o Sul do país. O alerta laranja indica a possibilidade de chuvas entre 30 e 60 mm/h, ventos de até 100 km/h e queda de granizo até às 18h de sexta-feira (15). Também há risco de cortes de energia elétrica, danos às plantações, queda de árvores e alagamentos.

Quanto ao alerta amarelo, também válido até às 18h, a previsão indica chuvas entre 20 e 30 mm/h, ventos intensos (40-60 km/h) e possível queda de granizo.

Chuvas intensas no país
O Inmet também emitiu alertas de “Perigo” e “Perigo Potencial” devido à previsão de chuvas intensas no Nordeste, Norte, Centro-Oeste e Sudeste. Na área de alerta laranja, espera-se chuva entre 30 e 60 mm/h e ventos de até 100 km/h. Há risco de cortes de energia elétrica, danos às plantações, queda de árvores e alagamentos. Esses alertas têm validade até às 10h de sexta-feira.

Previsão para sexta-feira
No Rio de Janeiro, o tempo permanecerá claro durante toda sexta-feira (15). A cidade, ainda impactada pela bolha de calor, terá temperatura máxima de 36°C e mínima de 22°C. Em São Paulo, também afetada pelo fenômeno, o dia será marcado por nebulosidade, com os termômetros variando entre 34°C e 21°C.

Em Porto Alegre, afetada pelo domo de calor, as condições serão semelhantes às de São Paulo, porém, com temperaturas entre 30°C e 24°C. Em Cuiabá, o tempo deverá ficar instável, com muitas nuvens e pancadas de chuva isoladas pela manhã e à tarde, seguidas de trovoadas à noite. Apesar disso, a temperatura máxima será de 37°C e a mínima de 27°C.

O mesmo padrão é esperado em Fortaleza, onde as temperaturas ficarão entre 29°C e 25°C durante a quinta-feira.

Deixe comentário

× Fale com a Showtime