Eleições EUA: Trump comemora vitória na Superterça e critica Biden e imigrantes em discurso

Em um discurso de comemoração pelas vitórias nas primárias republicanas na Superterça, o ex-presidente Donald Trump realizou diversas críticas ao governo de Joe Biden e à crise na fronteira entre Estados Unidos e México.

“Temos milhões de pessoas invadindo nosso país” através da fronteira sul, disse Donald Trump em seu discurso de vitória em Mar-a-Lago, na Flórida, nesta noite desta terça-feira, 5. “Isso é uma invasão. Esta é provavelmente a pior invasão”, afirmou o ex-presidente, se referindo à entrada de migrantes aos Estados Unidos.

Trump também citou no seu discurso números não oficiais e não confirmados da suposta imigração ilegal no país, reforçando sua mensagem anti-imigrantes. “O número hoje poderia ser de 15 milhões de pessoas. E elas vêm de lugares difíceis e perigosos”, disse ele.

À medida que a segurança na fronteira se torna cada vez mais uma questão importante para os eleitores, Trump tem reiterado essa mensagem – assim como fez em sua campanha de 2016.

As políticas em relação à imigração pela fronteira com o México têm sido um dos assuntos mais controversos no governo. Biden, que tem ficado à defensiva sobre essa questão, tentou apontar que os republicanos sabotaram os esforços para aprovar uma reforma migratória bipartidária no Congresso – depois que Trump disse a eles para não dar ao presidente uma vitória política.

Trump, por sua vez, realizou declarações radicais em relação aos imigrantes que entram nos EUA ilegalmente, afirmando que eles estavam “envenenando o sangue de nosso país”, e aumentou a mensagem infundada de que os imigrantes são perigosos.

Deixe comentário

× Fale com a Showtime